NA MARCA DO PÊNALTI

NA MARCA DO PÊNALTI

COLUNAS ANTERIORES

Carloto Junior - 11:40 13/09/2017

A pessoa que...

tomou a iniciativa de procurar a imprensa para acusar, sem provas, o Sampaio de ter entregado o jogo para o Botafogo, com intenção de prejudicar o Moto, não tem noção do mal que pode está fazendo ao futebol do Maranhão. O futebol, infelizmente, está cheio de pessoas irresponsáveis, que agem com a emoção, sem pensar nas consequências. O futebol do Maranhão já não anda lá essas coisas toda e ver estampado nos sites esportivos que o principal time do estado pode ter entregado um jogo para prejudicar o rival, no mínimo, arranha o nosso futebol. Sei que a decepção e a tristeza do Moto é grande por conta do rebaixamento. Eu mesmo pensava que o Moto poderia escapar por achar que o Sampaio venceria o Botafogo. Só que estamos falando de futebol, e tudo pode acontecer. Disse ontem e repito, o Moto caiu não foi por causa da derrota do Sampaio e sim, pelos próprios resultados do Moto durante a Série C. Se eximir da culpa, transferindo para outros, ainda mais, com acusações sem provas é, no mínimo, uma atitude irresponsável.

Que situação chegou...

a Chapecoense, equipe que passou a ganhar o carinho e a admiração de “quase” todos os brasileiros após o acidente aéreo que tirou a vida de várias pessoas. O time se reconstruiu e recebeu apoio de várias outras equipes brasileiras e até de fora do País. Antes da contratação do técnico Vagner Mancini, muitos outros técnicos se colocaram à disposição para assumir o time catarinense. A Chape foi campeão estadual e por conta da conquista da Sul Americana do ano passado, quando o Atlético Nacional abriu mão de disputar o título, ganhou o direito de disputar a Libertadores deste ano, amistosos contra o Barcelona e a Roma. O time foi eliminado da Libertadores por erro fora das 4 linhas e, ainda, disputa a Sul Americana. Mas passados 8 meses, a situação da Chapecoense mudou e muito. A diretoria demitiu Mancini, até hoje não se sabe por quê. Contratou Vinicius Eutrópio para seu lugar, mas demitiu na semana passada. E hoje, surge a notícia que a diretoria já tentou quatro nomes (Roger Machado, Eduardo Baptista, Jorginho e Ederson Moreira) e nenhum aceitou o convite. Pelo visto a diretoria da Chape está pagando pelos erros cometidos, principalmente, as demissões de técnicos a cada derrota do time.

A Liga dos Campeões...

começou e pude acompanhar dois bons jogos na terça-feira. A vitória do Barcelona sobre a Juventus, por 3 x 0, com dois gols de Messi que nunca havia feito gol no goleiro italiano, Buffon, e a goleada do PSG por 5 x 0, sobre o Celtic, com show do brasileiro Neymar, autor do primeiro gol. O bicampeão, Real Madrid, estreia na quarta-feira.

A CBF...

tomou a decisão certa em colocar árbitros de primeira linha do futebol brasileiro para apitar os jogos de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C. No jogo do Sampaio, o mineiro Ricardo Marques tem tudo para fazer uma grande  arbitragem, ele que faz parte do quadro da FIFA e está acostumado a apitar grandes jogos no futebol brasileiro. A arbitragem brasileira tem recebido muitas críticas, principalmente, nos jogos da Série A. Muitas dessas críticas são injustas, principalmente, porque usam a tecnologia para criticarem as decisões dos árbitros, que não dispõem desses recursos. Quanto mais rápido a tecnologia for implantada no futebol brasileiro, melhor será, para que erros de arbitragem possam ser evitados.

AUTOR

Carloto Junior

Carloto Júnior, nascido em Pedreiras-Ma, residente em Imperatriz deste 1989. Blogueiro, Radialista, comentarista esportivo, apresentador de programa esportivo em Rádio e TV, com DRT nr 708. Filiado à ACLEM e ABRACE.

EDIÇÃO IMPRESSA