EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO

Seduc - 10:26 07/12/2017

Encontro, em Codó, discute a Educação Infantil e as políticas públicas no Maranhão

O trabalho executado nos municípios maranhenses por meio do Programa Escola Digna foi destacado

Programa Escola Digna foi destaque por oferecer uma educação pública de qualidade para crianças e jovens. (Foto: Seduc)

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, e a secretária Adjunta de Ensino da Seduc, Nádya Dutra, participaram na quarta-feira (6), do VI Encontro Estadual de Educação Infantil - A Educação Infantil e as políticas públicas no Maranhão, realizado no município de Codó, com o objetivo de oportunizar entre representantes dos diversos municípios maranhenses o debate, planejamento e troca de experiências no desenvolvimento integral com a primeira infância, possibilitando desta forma avanços na garantia dos direitos das crianças em todo o estado do Maranhão.

O evento realizado pela Organização Mundial da Educação Pré-escolar (OMEP), Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEMECTI), União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) e PLAN Internacional.

Na ocasião, o secretário Felipe Camarão fez uma apresentação com o tema: “A educação infantil e a Escola Digna no Maranhão”, destacando o trabalho que vem sendo executado nos municípios maranhenses, por meio do Programa Escola Digna com o objetivo de oportunizar uma educação pública com mais qualidade para as crianças e jovens maranhenses e, consequentemente, melhorar os indicadores educacionais do Estado.

“A educação escolar começa com a Educação Infantil, e precisa ser muito bem cuidada, planejada. E o governo Flávio Dino tem sido muito sensível, quanto a essa questão, ao garantir mecanismos de apoio aos municípios para que possam promover o desenvolvimento das políticas educacionais voltadas para essa primeira infância. Por meio do Escola Digna temos garantido não só a infraestrutura, mas, também, apoio à gestão escolar e às formações dos educadores, por meio da assessoria técnico/pedagógica. E temos uma perspectiva de uma segunda fase do programa Escola Digna voltada às creches, voltada às crianças de zero a 06 anos”, destacou Felipe Camarão.

No total, o evento, que termina nesta quinta-feira (07), conta com a participação de 200 educadores de 30 municípios da Região dos Cocais. Nos dois dias serão realizadas palestras e oficinas.

O VI Encontro Estadual da Educação Infantil, está respaldado na meta 1 do Plano Nacional da Educação (PNE), bem como do Plano Estadual da Educação (PEE) e do Plano Municipal da Educação (PME), que garantem: Universalizar, até 2016, a Educação Infantil na pré-escola para as crianças de 4 a 5 anos de idade e ampliar a oferta de Educação Infantil em Creches de forma a atender, no mínimo, 50% das crianças de até 3 anos, até o final da vigência do atual PNE.

EDIÇÃO IMPRESSA