CIDADE

CIDADE

Assessoria - 10:03 13/03/2018

Tem início 1º Festejo da Paróquia São José do Egito

A festividade segue até o dia 19 de março no bairro Bacuri

O nome da Comunidade foi escolhido em homenagem a José, esposo de Maria, pois o povo era retirante como ele. (Foto: Reprodução)

A paróquia São José do Egito iniciou as festividades em honra ao santo padroeiro da comunidade. O festejo segue até o dia 19 de março, período em que os fiéis vão refletir durante os momentos de oração a seguinte temática: “Com São José, em estado permanente de missão!”. Tanto a temática quanto o lema, “Teu filho Jesus Cristo, nos disse: Ide e pregai o Evangelho a toda criatura" (Mc 16,15), trazem uma mensagem sobre a entrega de José aos projetos de Deus o ao chamado a sermos igreja de saída ao encontro do outro.

“O tema deste ano traz uma mensagem ligada à pessoa de São José, refletindo também ao que todos os católicos são chamados a serem discípulos e missionários, abraçando as Santas Missões Populares da Diocese de Imperatriz”, destaca o padre responsável pela paróquia, Antonio José.

Vale ressaltar que a comunidade São José do Egito foi elevada à paróquia em dezembro de 2017, pelo bispo da diocese de Imperatriz, Dom Vilsom Basso. Assim, este é o primeiro ano de festejo enquanto paróquia, porém são mais de 30 anos de tradição e festejos ao santo, no bairro Bacuri.

Durante os dez dias de festa a São José, haverá missas e movimentação de pátio com comidas típicas e atrações musicais. Na última noite do festejo acontecerá a procissão e o sorteio do tradicional show de prêmios, o qual tem uma moto 0km como prêmio principal. A paróquia fica localizada na rua Alvorada, Nº 82, Bacuri, entre Coriolano I e II, em Imperatriz-MA.

Mais informações

Em 1973, Frei Rogério teve a ideia de criar a comunidade São José do Egito à beira do riacho Bacuri, que na época não era poluído. O nome da Comunidade foi escolhido em homenagem a José, esposo de Maria, pois o povo era retirante como ele. Em 1974, foi Frei Gil quem deu continuidade à essa ideia, levantando as paredes da igreja em um mutirão, com a participação de adultos e crianças. Em outubro do mesmo ano a comunidade foi batizada e presenteada com a imagem de São José.

EDIÇÃO IMPRESSA