GERAL

GERAL

Assessoria - 10:09 16/05/2018

Restaurante Popular de Açailândia é reaberto

O restaurante público conta com uma equipe de profissionais nutricionistas, cheff de cozinha, assistente social e psicóloga

A psicóloga e a Assistente Social são para assistir e acompanhar aquelas pessoas que vivem em situação de abandono ou de rua e faz parte de um programa da Secretaria de Assistência Social. (Foto: Reprodução)

O Restaurante Popular teve as portas reabertas na última sexta-feira, 11. A casa que é administrada pela Secretaria de Assistência Social, vai beneficiar a população alimentação diária, principalmente a classe trabalhadora e aposentados. Para cada refeição individual é cobrado um valor simbólico de apenas 2 reais.

O restaurante público conta com uma equipe de profissionais nutricionistas, cheff de cozinha, assistente social e psicóloga. A psicóloga e a Assistente Social são para assistir e acompanhar aquelas pessoas que vivem em situação de abandono ou de rua e faz parte de um programa da Secretaria de Assistência Social.

Pelo fato de estar se submetendo a tratamento de saúde, o prefeito Juscelino Oliveira, ficou impossibilitado de comparecer ao evento, mas foi representado pela secretária Zetinha Sampaio que fez as honras da casa e o pronunciamento, entregando o restaurante à população.

A solenidade contou também com a presença dos secretários municipais, de vereadores e populares que aproveitaram a ocasião para almoçar, festejando o momento tão esperado pela classe trabalhadora que vai poder economizar novamente o seu tempo no horário do almoço e também o dinheiro do transporte, principalmente aqueles que moram mais distante do centro.

Moradores dos municípios vizinhos também comemoram a reabertura do restaurante, porque aproveitam para almoçar quando estão em Açailândia fazendo negócios ou compras no comércio atacadista, além de outras atividades. A Secretária Zetinha Sampaio, explica que a demora da reabertura do refeitório se deve ao processo de Licitação que só foi realizado no mês de abril.

EDIÇÃO IMPRESSA