ESTADO

ESTADO

Hemerson Pinto - 11:59 14/09/2018

Incêndio destrói área de reserva e atinge três municípios

O combate é feito pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil do Estado

Área atingida compreende seis povoados e famílias tiveram que sair das residências. (Foto: Reprodução)

As causas do incêndio ainda são investigadas. O fogo atingiu mais de três mil hectares de uma área na zona rural de Coroatá, município distante cerca de 260 quilômetros de São Luís. As autoridades trabalham no combate ao avanço do fogo e investigam a possibilidade de ação criminosa na área de reserva legal onde vivem gado e animais silvestres.

De acordo com a secretária municipal de Meio Ambiente de Coroatá, Marilena Vieira, este é um dos incêndios de maiores proporções já registrado no município e quem sabe até no estado.

“Pedimos ajuda dos bombeiros militares, vieram com uma aeronave para fazer o mapeamento da região. Infelizmente, foi constatado, quanta tristeza, quantas fazendas estão indo embora no fogo, área de reserva legal, gado morrendo queimado e animais silvestres. Está um ‘Deus nos acuda’, relatando ainda o desespero de famílias que deixaram as casas às pressas. A gente está precisando, mais do que nunca, da ajuda de todo mundo”, concluiu a secretária.

O medo é que as chamas cheguem em outros seis hectares, depois de terem consumido a vegetação em municípios vizinhos, como Peritoró e Alto Alegre do Maranhão. A Defesa Civil do Estado mobilizou uma força-tarefa para tentar conter o fogo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, na sexta-feira, duas equipes estão atuando nas áreas afetadas. De acordo com informações da Secretária Municipal de Meio Ambiente de Coroatá, ao todo seis povoados foram atingidos: Boa Vista do Evaristo, Três Bocas, Fazenda Duas Barras, Manajú, João Joca e Caxuxa. Este último é localizado em Alto Alegre do Maranhão.

EDIÇÃO IMPRESSA