ESTADO

ESTADO

Larissa Rolim - 19:30 16/05/2017

Governo entrega reforma da Uemasul e assina ordem de serviço para construção de novo campus

Iniciada este ano, a parte mais emergencial da reforma, que corresponde as salas de aulas, foi entregue em março para não atrapalhar o calendário letivo

Para estudantes, a reforma reforça o sentimento de agregação. (Divulgação)

A reforma no prédio da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (Uemasul), em Imperatriz, segue para a etapa final. Os trabalhos foram intensificados e estão sendo realizados, inclusive, aos finais de semana e durante a noite para garantir a entrega no próximo dia 20. Na mesma data, o governador Flávio Dino deve assinar a ordem de serviço para a construção do novo campus, localizado próximo ao Sindicato Rural de Imperatriz (Sinrural).

Iniciada este ano, a parte mais emergencial da reforma, que corresponde as salas de aulas, foi entregue em março para não atrapalhar o calendário letivo. O prédio recebeu reparos na parte elétrica, hidráulica, piso, revestimento de parede, pintura, fachada, telhado e na climatização. Agora, está em construção a cantina e em reforma a guarita, biblioteca, auditório e os laboratórios.

   

Para a estudante Geovanea dos Passos, a reforma do campus proporciona um sentimento de motivação e agregação aos acadêmicos. “Com um local mais estruturado, a gente vê nas pessoas mais ambientação, mais sentimento de agregação”, afirmou.

Já os professores defendem um melhor ensino como resultado da iniciativa. “Faço parte da luta pela Uemasul e, consequentemente, de melhores condições estruturais e administrativas, desde 1992. Agora estamos sendo atendidos e essa reforma é um avanço na garantia de um ensino melhor”, avaliou o professor Magno Urbano.

   

As últimas intervenções no prédio da Uemasul foram em 2006 e 2013: a edificação de novos anexos. Porém, desde a construção, na década de 70, o local nunca havia passado por reformas, por isso a comunidade acadêmica passava por vários transtornos, como pane na rede elétrica e falta d’água.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, a iniciativa do Governo do Estado vai possibilitar um melhor ambiente de aprendizagem.

“Esta reforma tem uma simbologia muito forte e representa o avanço da UEMASUL em direção aos anseios da comunidade discente, docente e quadro administrativo com melhores condições para fomentar o processo de ensino, em pouco tempo, mas de visual novo e com data para o início da construção do novo campi da UEMASUL. São melhores  perspectivas para a região a partir da educação o que nos deixa muito gratificado”, destacou Clayton Noleto.

Noleto ressalta ainda que antes de começar os serviços de reforma, houve a preocupação de ouvir professores, alunos e demais servidores. Por isso, a primeira iniciativa da secretaria foi percorrer toda a universidade, junto com a comunidade acadêmica para ver e ouvir quais eram as principais demandas para a partir disso elaborar todo o planejamento e cronograma de obras.

EDIÇÃO IMPRESSA