CIDADE

CIDADE

Daniela Souza - 17:45 15/07/2017

Opinião e críticas: Conor Farias e os meios de comunicação de Imperatriz

O jornalista tinha uma vida bastante agitada e noticiava fatos carregados de opiniões

Farias trabalhou no rádio (ao lado de Moacir Espósito na extinta rádio Imperatriz); jornal impresso (O Progresso); continha a concessão da TV Capital (Rede TV). (Foto: reprodução)

Radialista, jornalista, apresentador e empresário. Esse era Conor Farias. As suas contribuições a Imperatriz foram no ramo da comunicação midiática. O seu jeito de ser era uma linha tênue entre polêmicas e opiniões de uma pessoa com personalidade forte.

O jornalista tinha uma vida bastante agitada e noticiava fatos carregados de opiniões. Trabalhou no rádio (ao lado de Moacir Espósito na extinta rádio Imperatriz); jornal impresso (O Progresso); continha a concessão da TV Capital (Rede TV).

Conor Farias deixou sua marca nos meios de comunicação em Imperatriz. Ele morreu na madrugada do dia 23 de março deste ano em um hospital particular de São Luís, após procedimento cirúrgico devido complicações da diabetes. O empresário era uma figura bastante conhecida na cidade e deixou amigos e familiares com bastante saudade.

EDIÇÃO IMPRESSA